Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > Maio > Ministro da Economia debate reforma do Estado com parlamentares

Economia

Ministro da Economia debate reforma do Estado com parlamentares

Eficiência administrativa

Executivo e Legislativo vão elaborar propostas para modernizar gestão da máquina pública
por publicado: 28/05/2019 15h52 última modificação: 03/06/2019 10h04

O ministro da Economia, Paulo Guedes, esteve reunido na manhã desta terça-feira (28/5), com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e mais 13 parlamentares de 11 partidos para debater projetos de modernização e digitalização do funcionamento da administração pública. A intenção é reduzir gastos, gerar mais produtividade e eficiência à capacidade de gestão do Estado. Ao final da reunião, ficou decidido que representantes do ministério e deputados vão trabalhar em parceria para elaborar propostas.

Guedes abriu o encontro destacando que as sete secretarias especiais que compõem a pasta estão trabalhando com temas e metas específicos para aumentar a qualidade do desempenho da gestão. “Quero garantir a vocês que nosso trabalho vai dar frutos. Após a aprovação da Nova Previdência, vamos entrar numa agenda extraordinariamente positiva. A reforma do Estado é algo que vai nos acompanhar nos próximos quatros anos. Estamos juntos nessas reformas”, afirmou o ministro.

28/05/2019 - Reunião com Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados
Paulo Guedes e Rodrigo Maia debatem a reforma do Estado com técnicos e parlamentares Foto: Gustavo Raniere/ME

O secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Uebel, lembrou que nas últimas duas décadas o número de servidores e cargos aumentou, assim como o de estatais, o que resultou em mais gastos públicos, mas não, necessariamente, em aumento de produtividade.

Ele defendeu a importância de uma reforma do Estado para alavancar o Brasil a posições mais competitivas em índices internacionais, como o Doing Business – que incentiva os países a competir para alcançar uma regulamentação mais eficiente. “Repensar quais os papeis que o Estado deve exercer e aqueles que não deve”, explicou Uebel.

Para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a agenda apresentada na reunião tem convergência natural com os parlamentares que participaram do encontro. "Trouxe comigo um grupo de deputados de vários partidos para podermos organizar a votação de temas importantes para modernizar e melhorar a eficiência do Estado", afirmou Maia. Segundo o presidente, depois de organizar os textos dos projetos, será possível dar mais celeridade na tramitação de pautas que são urgentes para o Brasil, além da Nova Previdência. “A reforma da Previdência tem um peso enorme, mas a reestruturação do estado brasileiro também tem. O estado brasileiro encareceu nos últimos anos e isso aumentou sua ineficiência”, concluiu.